poetizando - inspire-se

Pai por em 11/08/2013

Eu e meu pai sempre fomos muito amigos. Quantas horas passamos juntos criando personagens e tramas para a família Pantelick, brincando com o Asdrúbal ou com seus temidos “cutifruches”! Como eu amava cantar loucamente enquanto ele me acompanhava ao violão, e quantas vezes terminamos um domingo comendo pipoca e assistindo desenhos da Turma da Mônica na TV! Como eu já ri do meu pai dançando o “caititu manco" e como eu acho lindo que ele chame a minha mãe de "gata".

Meu pai é honesto, inteligente, engraçado e tem o coração maior que o mundo. É, sem dúvida alguma, uma das melhores pessoas que já conheci. E embora talvez ele às vezes duvide de si mesmo, eu nunca duvidei. Talvez o meu pai nem imagine a fortaleza que ele é para mim, a segurança que ele me traz e o orgulho que eu sinto por ser sua filha.

Porque para mim, SER PAI é exatamente tudo isso o que o meu pai sempre foi para mim: um carinho desajeitado,um beijinho molhado, um colo que acalenta, aninha, esquenta, protege.

Palavra que guia. Voz que orienta. Exemplo que inspira. Olhar que acolhe. Presença que marca. Coração que entende. Amor que cuida. Força, coragem, sabedoria... um grande herói, ainda que tema, fraqueje, duvide, como qualquer um de nós. E eu estou aqui para o meu pai, como ele sempre esteve para mim. Se superpoderes passarem de pai para filho, meu pai está garantido!

Feliz dia dos pais ao meu pai, ao pai dos meus filhos e a todos os pais que, como eles, fazem desse mundo um lugar melhor, mais seguro e com muito mais amor!





Comentários


Google+